Bolsa MS

03 de fevereiro de 2020

A CCP do Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica (PPGEM) da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo torna público aos interessados que estão abertas as candidaturas à bolsa de estudos para alunos regulares de mestrado devidamente matriculados, a submeterem estas candidaturas, via Sistema PPGEM, bastando, para isso, submeter: (i) plano de trabalho, (ii) histórico da Graduação e (iii) Currículo Lattes. As inscrições estarão abertas desde o dia 15 ao último dia de cada mês, de fevereiro a dezembro de 2020.

A CADIS (Comissão de Atividade Discente) atribuirá uma pontuação a cada candidato segundo critérios a seguir:

  1. Análise do plano de trabalho, para o qual será atribuída uma nota de 0 a 10;
  2. Análise das publicações recentes (últimos 5 anos) que constem do seu currículo Lattes, sendo atribuídas pontuações conforme segue:
    • Artigo em revitas indexada: 3 pontos por artigo;
    • Artigo em revista não indexada: 1 ponto por artigo;
    • Artigo em anais de congresso internacional: 1,5 pontos por artigo;
    • Artigo em anais de congresso nacional: 1 ponto por artigo;
    • Patente: 3 pontos por patente;
    • Artigo em anais de congressos de IC: 0,5 por artigo.
  3. Nota obtida no exame de ingresso;
  4. Não serão renovadas as bolsas de alunos com parecer insatisfatório no relatório anual, segundo o procedimento de avaliação da CADIS ou reprovação em uma disciplina do curso em que estiver matriculado.

O total atingido em (1) ~ (4) é multiplicado por um fator que é definido conforme segue:

  1. Fator igual a 1,00, se o orientador tiver até 2 alunos com bolsa do programa;
  2. Fator igual a 0,80, se o orientador tiver 3 alunos com bolsa do programa;
  3. Fator igual a 0,65, se o orientador tiver 4 alunos com bolsa do programa; e
  4. Fator igual a 0,50, se o orientador tiver 5 alunos com bolsa do programa.

Obtida a pontuação final, o nome do candidato é inserido numa lista de espera permanente, ordenada de acordo com a pontuação. Após o término de cada período de inscrição, as bolsas disponíveis naquele momento serão distribuídas, priorizando-se os candidatos de maior pontuação.

Em qualquer caso, candidatos com pontuação inferior a 5,0, seja no plano de trabalho seja no desempenho individual, estarão desclassificados.

O candidato não contemplado com a bolsa poderá, em meses posteriores, submeter nova inscrição, incluindo avanços que venham a incrementar a sua pontuação final.

Ressalte-se que o plano de trabalho requerido, tem a função de constar como documento de ingresso e de acompanhamento do bolsista, permitindo à CADIS e à CCP ter uma visão exata da atividade e do desempenho do aluno. Assim, não serão aceitos artigos, textos de qualificação, etc. e sim um documento sucinto (para o qual trechos de outros documentos em português ou inglês podem contribuir) com o seguinte teor:

  1. Identificação do aluno e do seu orientador, indicando o curso (mestrado) e o ano da primeira matrícula no PPGEM;
  2. Título (tentativo) do trabalho de dissertação;
  3. Introdução posicionando o trabalho sobre sua importância acadêmica e tecnológica, bem como dos resultados esperados;
  4. Objetivo de um parágrafo ou no máximo dois, dizendo claramente o que será a contribuição do trabalho proposto;
  5. Metodologia, expondo como se pretende obter os resultados almejados, e as atividades relevantes para se atingir os objetivos;
  6. Cronograma anual, incluindo créditos a serem obtidos em disciplinas nos próximos 12 meses, a partir da data da concessão da bolsa;
  7. Cronograma geral contemplando o que será feito até obter o título, incluindo as atividades do item anterior, intercâmbios, sanduíche e outras atividades programadas;
  8. Bibliografia pertinente ao plano;
  9. Assinatura do aluno e do seu orientador.

O plano de trabalho deverá ser sucinto e objetivo, contendo em torno de 10 páginas.

NÃO SERÃO ACEITAS INSCRIÇÕES COM DOCUMENTAÇÃO INCOMPLETA.

CCP – Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica